Belize: A Child Grows Up and Wonders

Resenha nº 41: A Child Grows Up and Wonders – Felicia Hernandez

Olá! Espero que estejam todos bem. A resenha de hoje é sobre o livro A Child Grows Up and Wonders, da autora belizenha Felicia Hernandez. O ebook está disponível no Google Play Books, em inglês.

Esse é um livro curtinho, dividido em várias crônicas sobre a vida de Felicia Hernandez. Mais uma vez, a companhia bananeira é citada, provavelmente é a mesma de Prisión Verde e Cem Anos de Solidão.

Felicia nasceu em 1932, em Dangriga, Belize. Ela cresceu na Guatemala, onde sua família era uma das poucas falantes de inglês em uma comunidade hispânica. Felícia se sentia solitária, pois não tinha amigos e seus pais não permitiam que frequentasse a escola em espanhol, ela recebia educação em casa com seus irmãos, em inglês.

Felicia conta muitos aspectos culturais e sociais, tanto da Guatemala quanto de Belize em si, chamada de Honduras inglesa. Achei interessante, mas ela não aprofunda muito em nenhum desses pontos, pesquisei por conta sobre os Garifuna, citados várias vezes por ela.

Felicia também comenta sobre o fluxo migratório de habitantes de outras partes do Caribe, como a Jamaica, em busca de emprego na companhia bananeira na Guatemala.

Quando Felicia e seus irmãos ficam mais velhos, a necessidade da escola formal se torna cada vez mais urgente, por isso as crianças retornam com a mãe para Dangriga. Felícia se torna professora, mesmo tendo dificuldade em passar nos exames de admissão.

Ainda jovem, ela se casa e em 1970 migra com a família para os Estados Unidos. Nessa etapa, ela fala um pouco sobre sua vida conjugal e seus empregos nesse país novo. Foi bem tocante o relato de Felícia sobre seu trabalho como assistente social e counselor nos Estados Unidos, as crianças precisam de ajuda. 

Além disso, ela também compartilha sua sobrecarga de tarefas e a preguiça para escrever, apesar de gostar muito. Não sei se foi por isso, mas cerca de três vezes me peguei lendo trechos repetidos em outros capítulos do livro.

Ela também é uma avó dedicada e valoriza muito as relações familiares. 

No geral, o livro não teve frases marcantes. Ela teve uma infância feliz e saudável, fico feliz por isso. 

Eu me decepcionei porque esperava um livro mais moderno sobre Belize, mas ainda assim foi legal conhecer as etnias e o cotidiano nos anos 1940 e 1950.

Não é um livro que eu amei, mas ele é bem curtinho, então não exige tanto tempo para leitura.

Se quiser conhecer um livro bem legal sobre imigrantes caribenhos nos Estados Unidos, recomendo conhecer a história de Oscar Wao, é uma história bem mais empolgante.

Por hoje é só, se cuidem!


Ficha Técnica:

Autor: Felicia Hernandez

Editora: Xlibris LLC

Ano: 2014

Este livro não foi publicado no Brasil.



Categorias:Etapa, Livro completo, Metas, Progresso de leitura, Resenha, Sem categoria

Tags:, , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: