Sem categoria

Nova Zelândia: Os Melhores Contos de Katherine Mansfield

Eu não sou grande fã de contos, mas esse foi um dos melhores livros que li em 2019. O livro apresenta 10 contos de Katherine Mansfield, autora com talento singular para explorar as nuances psicológicas dos personagens. Clique no link e confira a resenha!

Boca do Inferno

Ana Miranda é uma atriz e escritora brasileira, que recebeu o Prêmio Jabuti na categoria Revelação de Romance, com Boca do Inferno. O romance é ambientado na Salvador do século XVII, a autora fez uma extensa pesquisa sobre o Brasil da época e romanceou a história de alguns personagens históricos, como o poeta Gregório de Matos e o jesuíta Antônio Vieira. Conheça mais sobre o livro no link!

Bartleby, o escriturário

Essa não é uma história de grandes acontecimentos, por vezes, a história assume um tom cômico. Em outras, faz uma análise profunda da personalidade de cada personagem. Em outras ainda, mostra como nos deixamos influenciar pela opinião de nossos pares. Entretanto, Bartleby é uma figura enigmática, calada e que se torna completamente apática no decorrer do livro. Conheça mais sobre a história no link!

Coreia do Norte: Para Poder Viver

Essa é a história das escolhas que Yeonmi Park fez para poder viver. Através delas, aprendemos sobre a cultura, história e modo de vida na Coreia do Norte. Descobrimos o surgimento de um capitalismo rudimentar na década de 90 após uma onda de fome, as relações que levam ao casamento e a exclusividade em Pyongyang.

Antígua e Barbuda: Lucy

Lucy, obra da caribenha Jamaica Kincaid, retrata relações familiares – em especial, de mãe e filha – e a recordações de sua terra natal. A narrativa autobiográfica conta a história da filha renegada enviada para um lugar novo e desconhecido. Clique no link para saber mais!

A festa de Babette

A resenha é sobre A Festa de Babette, um conto da escritora dinamarquesa Karen Blixen. No conto, ambientado na Noruega, Blixen narra a vida de duas irmãs solteiras, Martine e Philippa, que mantêm um estilo de vida singelo, religioso e dedicado totalmente à caridade. A rotina era calma e simples, até o dia em que uma mulher francesa esbaforida chega à sua porta com uma carta na mão pedindo refúgio. Clique no link para ver a resenha completa!

Bahamas: An Evening in Guanima

An Evening in Guanima: a treasury of folktales from the Bahamas, escrito por Patricia Glinton-Meicholas, reúne cerca de 10 fábulas inspiradas nas histórias ouvidas pela autora em sua infância. Esse livro é um tributo às raízes de sua ilha, para que as histórias não se percam. Espero que tenham gostado dessa resenha e se interessem por essa cultura!

Senegal: Mutilada

Khady Koita é uma ativista senegalesa que luta contra a mutilação genital feminina junto à ONU e outras ONGs. Na sua biografia, ela fala dos sofrimentos causados por essa prática e por um casamento precoce e tóxico.